domingo, 8 de novembro de 2009

A MOTIVAÇÃO PARA ESCREVER O LIVRO

Pergunta a Ubirajara Franco Rodrigues

O que o motivou, juntamente com o veterano Carlos Alberto Reis, a escrever o livro? Você mudou de idéia em relação ao Caso Varginha como insistem em dizer seus outrora admiradores que sequer leram o livro?

Caríssimo Eustáquio

De há muitos anos que Reis e eu pensamos de forma harmônica e nossa postura vem sofrendo gradativamente uma mudança. Mudança de ufólogo condicionado à idéia de que UFOs sejam necessariamente naves extraterrestres, para ufólogo que tenta compreender um fenômeno, seja ele o que for, caso tal compreensão seja possível. No entanto, a divulgação inconsequente, constante e descomprometida, que vem sendo dada a certas questões ufológicas, fez com que nos sentíssemos no direito, bem como no desejo,de escrevermos o livro. Afinal, fazemos parte das quatro últimas décadas da ufologia. Jamais mudei qualquer coisa do que escrevi em "O Caso Varginha". Evidentemente, alguns aspectos entendo-os hoje de forma um pouco diversa, mas basicamente nada mudou em meu modo de ver o Caso. Basta notar que tomei o cuidado de nada afirmar naquele livro, como alguns fascinados gostariam. De fato, verdadeiros incautos acreditaram, absurdamente, sem lerem um livro e outro, que eu "nego os Ufos", ou que "nego o Caso Varginha, que eu mesmo pesquisei". Isto se deveu exclusivamente à tentativa fanática de pessoas que simplesmente não se conformam ao saberem que há alguns que pensam de forma diversa da deles e partem para o ataque pessoal, bem como para a descarada deturpação do que falamos ou escrevemos. O pior foi que os mencionados incautos acreditaram. Paciência. Uma pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário